Roteiro de 3 dias em Montreal

Continuando nossa viagem pelo Canadá, acordamos cedo e seguimos para a estação de trem Union, que ficava a cerca de 15 minutos a pé do nosso Airbnb. Nosso trem partia 9h20, o embarque é tranquilo, mais diferente da Europa, ocorre uma pesagem das malas, que precisa corresponder ao limite definido, antes da entrada no trem.

trem-toronto-montreal

A viagem é bem confortável, dura cerca de 5 horas, o vagão possui serviço de bordo pago a parte e Wi-Fi incluso.

estação-montreal

Montreal é uma cidade muita bonita de gastronomia incrível, parece ainda mais bem cuidada que Toronto e tem uma certa divisão entre a parte mais moderna, onde prevalece a língua inglesa e o centro histórico, de maioria francesa.

cidade-montreal

Além disso, dá para fazer muita coisa a pé e quando necessário, o metrô também é ótimo. De antemão podemos dizer que adoramos a cidade, abaixo vamos contar um pouco de tudo o que conseguimos fazer por lá!

Onde ficar em Montreal

A gente pesquisa bastante as melhores opções para se hospedar, avaliamos localização, analisamos se vale a pena ficar em hotel ou apartamento e neste caso encontramos uma opção excelente em Montreal.

Processed with VSCO with hb1 preset

Embora tenhamos reservado pelo Airbnb, a rede Sonder tem vários apartamentos em diferentes locais, no caso do de Montreal nos impressionamos com a qualidade do apartamento, o prédio é totalmente self check-in, ou seja, você recebe as senhas para entrada com antecedência e não precisa se preocupar com nada na chegada!

airbnb-montreal

Além disso, a decoração do Airbnb é incrível tudo de muito bom gosto, quarto confortável, sala espaçosa, cozinha equipada, tudo novo e ainda uma sacada que dava vista para a praça é trazia muita luz, tornando o ambiente mais arejado.

alugar-apartamento-montreal

onde-ficar-quarto-montreal

dica-de-airbnb-montreal

Fora isso, a localização é espetacular, a 15 minutos a pé da estação de trem central de Montreal e a uma quadra da Sainte-Catherine street, que é uma das principais ruas de gastronomia e entretenimento da cidade. Tivemos uma ótima experiência por lá, com certeza ficaríamos novamente.

Clique aqui para saber mais sobre este apartamento!

vista-apartamento-montreal

O que fazer em Montreal

Montreal tem muitos lugares legais para conhecer e também é um tipo de cidade muito agradável de estar, nossa passagem por lá para variar, foi rápida, mas até que conseguimos aproveitar mais do que imaginávamos:

o-que-fazer-em-montreal

Prefeitura de Montreal – Foi por aqui que começamos nosso “tour” pela centro histórico de Montreal. O antigo hotel de Ville, onde hoje fica a prefeitura de Montreal, é obra dos arquitetos Henri-Maurice Perrault e Alexander Cowper Hutchison e foi construído entre 1872 e 1878. O prédio fica no centro da Vieux-Montréal, em frente à praça Jaccques-Cartier. Ficava a cerca de 15 minutos a pé do local que estávamos hospedados, também dá para chegar de metrô, através da estação Champ-de-Mars.

Praça das Armas – Esta linda praça fica no coração da Velha Montreal e é ponto de passagem por qualquer passeio nesta região da cidade.

Basílica de Notre-Dame Montreal – É uma basílica católica romana situada no distrito de Ville-Marie. Representa uma das mais importantes construções religiosas da cidade e foi concluída em 1829.

notre-dame-montreal

Nos impressionamos bastante com o exterior de arquitetura neogótica e também com a beleza da sua nave central. Fica próxima a Praça das Armas.

Iluminated Crowd – Esta grande escultura de arte livre, feita de poliéster, é realmente inusitada!

iluminated-crowd-montreal

Dividiu os moradores de Montreal na época em que foi realizada, nós achamos bem curiosa e até certo ponto interessante. Passamos por ela quando já estávamos a caminho do Parque Mont Royal.

Mont Royal – O Mont Royal está localizado dentro do Parque de Mont Royal, e é umas das principais atrações turísticas de Montreal.

mont-royal-montreal

Ambos estão ao norte do centro da cidade. É uma boa subida, prepare-se para testar seu condicionamento físico!

o-que-fazer-montreal-mont-royal

Mas a estrutura de escadarias é ótima e dá para ir curtindo um pouco da natureza no caminho.

vista-mont-royal-montreal

Lá em cima, a linda vista panorâmica de Montreal compensa o cansaço com a subida, deste ponto dá para avistar a maior parte da cidade.

escadarias-parque-mont-royal-montreal

Curiosidade: O Mont Royal é, provavelmente, o responsável pelo nome da cidade que teria vindo da junção das palavras Mont+Royal, tornando-se Montreal.

Oratório São José – Oratório de São José, é uma basílica Católica Romana situada na ladeira norte do Mont Royal.

capa-montreal

Fundada pelo Irmão André em 1904, que começou a construção de uma pequena capela, ao lado do monte próximo ao Colégio Notre Dame. Em 1924, a construção da basílica foi inaugurada, sendo completamente finalizada em 1967.

oratório-são-josé-montreal

Seu domo é o segundo maior desse tipo no mundo, ficando atrás apenas da Basílica de São Pedro no Vaticano, também é a maior igreja de todo o Canadá.

passeio-montreal

A basílica é dedicada a José de Nazaré, a quem o Irmão André creditou todos os seus milagres.

irmão-andré-montreal

A basílica se destaca pela sua grandiosidade, a beleza da arquitetura já chama a atenção quando avistamos a cúpula de longe.

o-que-fazer-em-montreal-oratório

parte-interna-oratório-montreal

Você consegue acessar a basílica e os pátios, tanto através das escadarias externas, quanto das escadas rolantes e elevadores na parte interna.

dica-de-passeio-oratório-são-josé

Nós fomos pelas escadas externas, admirando o visual da cidade e visitando a linda nave central da basílica por último. Para chegar ao Oratório São José, pegamos o metrô e descemos na estação Côte-des-Neiges, linha 5, de lá são minutos a pé e já chegamos na basílica.

Little Italy – Como em várias outras cidades do mundo, Montreal também tem seu bairro italiano.

litlle-italy-montreal

Lá tem muitas lojas e ótimos restaurantes. Nós demos uma volta por lá, depois de irmos ao mercado Jean Talon, que fica apenas a 15 minutos a pé do local.

Onde comer em Montreal

A gastronomia de Montreal é muito variada, porque além dos tradicionais pratos canadenses, ainda existe toda a forte influência da culinária francesa, presente em toda a cidade, que está cheia de boas opções! Abaixo a gente fala um pouco das que conseguimos experimentar:

Marché de La Villette – Este autêntico bistrô francês, com decoração rústica, foi nossa escolha para almoço na região central de Montreal.

onde-comer-em-montreal

Chegamos lá por acaso, já que nossa primeira opção estava muito lotada… e não nos arrependemos!

dica-de-onde-comer-em-montreal

O cardápio é bem variado, destaque para os sanduíches na baguete, que aliás foi a nossa opção, para acompanhar fomos de salada de atum e sangria, tudo ótimo e bem servido.

comer-barato-em-montreal

baguete-montreal

Gostamos bastante, ambiente agradável, preço bom e atendimento excelente.

La Garde Partagée – Este restaurante fica na rua St Catherine East street, a uma quadra do apartamento que estávamos. Esta rua é cheia de restaurantes, são muitas opções, praticamente um ao lado do outro. O La Garde Partagée é um restaurante contemporâneo, a decoração da parte interna é bonita, mas preferimos aproveitar que estava fazendo calor e ficar na parte externa, onde as mesas são dispostas em um deck na frente do restaurante.

onde-comer-montreal-spectacles

O cardápio é enxuto, para começar eu fui de milanesa de queijo e a Lu escolheu uma entrada de nhoque, estavam um delicia! Para o prato principal, eu pedi um steak de cordeiro e a Lu foi de bacalhau.

la-garde-partagée

O meu achei um pouco abaixo, o da Lu estava melhor, acho que as ótima entradas, acabaram elevando muito as nossas expectativas… Outro ponto também são os preços, as entradas tem um valor ok, mas os pratos principais são um pouco caros em relação aos outros restaurantes que fomos. No geral a experiência foi boa, mas ficamos com vontade de conhecer outras opções nessa região.

Mercado Jean Talon – Ainda ficamos impressionados com a qualidade dos produtos oferecidos nos mercados do Canadá e o Jean Talon não fica atrás, as frutas, verduras, hortaliças, enfim todos os produtos são tão vistosos que saltam aos olhos.

jean-talon-montreal

Lá também é excelente para fazer uma refeição rápida, tem várias opções, desde de crepes franceses típicos a comida asiática, além de muitos restaurantes no seu entorno.

onde=comer-jean-talon

Jardim Nelson – Este restaurante é um dos mais procurados em Montreal, tanto por turistas, quanto por locais.

onde-comer-jardim-nelson

Embora a fachada pareça acanhada, quando você entra o cenário muda completamente, principalmente se você escolher ficar na área dos jardins! Ela têm um amplo espaço, muito bem decorada e agradável, jazz ao vivo rolando e até música brasileira!

dica-de-restaurante-jardim-nelson-montreal

O cardápio é super variado, crepes, massas, carnes e pizzas; opções não faltam…

Nós fomos de crepe e canelone, estavam bons e mais uma vez, fomos de sangria para espantar o calor que estava fazendo. O Jardim Nelson é muito fácil de chegar, fica na praça Jacques-Cartier, próximo ao centro histórico.

Supermercado IGA – Este mercado ficava a duas quadras do Airbnb que estávamos, os produtos tem muita qualidade e ótimos preços. Foi uma boa opção para economizarmos um pouco e aproveitarmos para realizarmos algumas refeições no apartamento, inclusive porque tem muitos itens práticos e fáceis de preparar.

economizar-em-montreal
Jantar que preparamos com produtos comprados no IGA!

Onde fazer compras em Montreal

Eaton Centre Montreal – Este shopping, na área central de Montreal, tem as principais lojas do país.

onde-comprar-em-montreal

É bem menor do que o de Toronto, mas mesmo assim tem muitas opções, nós passamos por lá rapidamente, a caminho do Parque Mont Royal, apenas para conhecer. Para chegar lá, a melhor forma é através da estação Mc Gill do metrô, que é interligada ao Eaton.

Complexe Desjardins – Este shopping possui algumas lojas e restaurantes, a variedade não é grande, mas pode ser útil para uma refeição rápida ou para comprar aquele item que ficou faltando na mala. Ele também possui um supermercado IGA no térreo.

comprinhas-em-montreal

Noël Éternel – Nessa loja o Natal acontece o ano todo! Ela é especializada em tudo que se refere a enfeites de Natal, tem uma variedade incrível, seus itens vão do tradicional ao criativo, é uma excelente oportunidade de levar um enfeite legal para o próximo Natal! Ela fica na velha Montreal, próximo à área central da cidade histórica.

noel-eternel-montreal

O que a gente achou

Montreal foi nosso primeiro contato com uma cidade realmente bilíngue, isso foi muito interessante, inclusive porque dá para sentir claramente a influência das duas culturas inglesa e francesa lá. Além disso, a cidade tem muitas opções de passeio, muita história e uma arquitetura incrível, gostamos bastante e saímos com a sensação de que, além de boa para visitar, Montreal possui ótima qualidade de vida.

Mas ainda estamos só no começo desta nossa trip, ainda vem muita coisa por aí! Próxima parada: Quebec!

Abraços, Jr. e Lu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s