Roteiro de 3 dias em Toronto

Há alguns anos planejávamos uma viagem ao Canadá, mas como o país tem dimensões continentais e muitas cidades que queríamos conhecer, sempre deixávamos para uma próxima vez… mas finalmente, após um bom tempo planejando, conseguimos realizar esta tão esperada viagem! Foram 19 dias atravessando da Costa Leste à Costa Oeste do país, passando por 8 cidades, mais de 6 mil km percorridos entre carro, trem e avião e trazendo na mala muitas histórias para contar!

Abaixo o nosso roteiro de cidades e na sequência já começamos com a nossa primeira parada por lá: Toronto!

Costa Leste

  • Toronto
  • Montreal
  • Quebec

Costa Oeste

  • Calgary / Drumheller
  • Banff
  • Jasper
  • Vancouver

Toronto

Chegando a Toronto já sentimos a pegada moderna da cidade, desde do aeroporto até o trem que faz a ligação para a região central, o UP Express, que é super prático e uma excelente opção para se deslocar no trajeto de ida e volta do aeroporto.

o-que-fazer-em-toronto

Toronto é uma cidade linda, multicultural, com várias opções de passeios, ampla gastronomia e uma boa rede de transportes, embora o metrô não cubra toda a parte central, o tram (VLT) consegue complementar bem os trajetos.

via-rail-toronto

Nossa passagem por lá foi rápida, mas conseguimos aproveitar bastante, principalmente pelos dias longos e de tempo excelente que pegamos no fim da primavera. Agora a gente conta um pouco de tudo o que rolou por lá!

Onde ficar em Toronto

Sempre que possível a gente busca analisar, além dos hotéis, outras opções com bom custo benefício na cidade para qual estamos indo e, em Toronto, encontramos excelentes hospedagens pelo Airbnb. Pesquisando encontramos um apartamento em prédio novo, com um quarto, sala, cozinha equipada e uma varanda com uma vista sensacional da CN Tower e tudo por um bom preço!

airbnb-vista-cn-tower

O apartamento fica na região de Old Toronto, próximo ao Entertainment District, muito bem localizado, perto de atrações, lojas, restaurantes, bares, mercados e estações de metrô e trem. Além disso, um pouco antes da chegada você recebe todas as informações para realizar um self check in, tudo muito prático e rápido, você não precisará nem falar com o anfitrião, já que toda a liberação é feita através de código eletrônico na portaria.

Clique aqui para saber mais sobre este apartamento!

Mas se precisar de algo, é só enviar uma mensagem que ele responde na hora. Outro fator legal de ficar em apartamento com cozinha é poder fazer algumas refeições em casa, pois além da economia, ajuda ainda mais a se sentir como um morador da cidade. Gostamos bastante desta opção é com certeza ficaríamos lá novamente!

O que fazer em Toronto

Toronto tem diversas opções de passeios e muita coisa legal para fazer e conhecer! Aqui vamos mostrar um pouquinho de tudo o que conseguimos fazer por lá, nesta nossa rápida passagem pela cidade!

Praça Younge Dundas – A Dundas Square fica no cruzamento com a Dundas Street com a Yonge Street, daí vem seu nome. É uma das atrações turísticas mais visitadas da cidade e faz parte de um projeto de renovação urbana da área, realizado em 1998.

younge-dundas

Nós passamos por lá no nosso primeiro dia de viagem em Toronto, e é realmente inevitável não cair no clichê e compará-la a Times Square em Nova York, pois são muitas semelhanças, desde da grande quantidade de turistas até os vários e grandes painéis luminosos.

dundas-square

CN Tower – Com os seus 553 metros de altura é um dos principais símbolos de Toronto e uma das primeiras imagens que vem à cabeça quando pensamos na cidade.

passeio-cn-tower

Fomos lá no fim do dia, para poder aproveitar a vista no entardecer. Nós compramos o ingresso pela internet, ainda no Brasil, o que já evita filas na bilheteria, além da praticidade.

vista-cn-tower

passeios-cn-tower

A torre é muito bem estruturada, mas muito visitada então se prepare para encontrar muitos turistas por lá. De qualquer forma, a altura e a beleza da visão 360 graus que você tem lá do alto impressionam, dá para ter uma ótima ideia das dimensões da cidade.

dicas-cn-tower

por-do-sol-cn-tower

Há opção de almoçar ou jantar no restaurante da torre, mediante reserva, o que é outra opção bem legal também. Para chegar lá foi muito tranquilo, pois estávamos hospedados a 15 minutos a pé da torre, fora que tínhamos a vista dela o tempo todo iluminada da nossa sacada, tiramos várias fotos com a torre no cenário de fundo!

Graffiti Alley – Esta rua fica paralela à Queen Street West e é parada obrigatória para quem gosta de arte de rua, mesmo quem não é muito fã, se impressiona com a qualidade, variedade e criatividade dos grafites.

o-que-fazer-graffiti-alley

O local já virou uma espécie de ponto turístico de Toronto, então se prepare para ver a galera tirando muitas fotos, mas sem dúvida, vale a pena incluir uma passadinha por lá no roteiro.

grafite-alley

Bata Shoe (Museu dos sapatos) – Este museu conta a história da humanidade através dos sapatos, são mais de 13.500 itens que mostram a evolução dos calçados pelos quatro cantos do planeta.

o-que-fazer-em-toronto-bata-shoe

A variedade é incrível, achamos impressionante o quanto se pode aprender sobre a história e cultura dos diferentes povos analisando a questão dos sapatos.

passeio-bata-shoe

As coleções são divididas por períodos e localização geográfica, as que mais nos impressionaram foram dos lugares mais frios, como Sibéria e o Polo-Norte, interessante ver a criatividade dos calçados para sobreviver em lugares tão inóspitos, além disso chamou nossa atenção às coleções asiáticas, são muito diferentes de tudo o que já gente pode imaginar!

dicas-passeio-bata-shoe
Ancestral do patins no gelo!

Gostamos muito deste museu, como ele não é grande, dá para incluí-lo facilmente no roteiro em uma manhã ou tarde e a visitação também é muito agradável. Compramos os ingressos pela internet e a estação St. George do metrô, fica a menos de uma quadra, vale a pena conhecer!

Catedral de St. Michael’s – Esta catedral católica é uma das maiores e mais antigas de Toronto e seus vitrais são muitos bonitos e sua nave principal se destaca pela grandeza.

o-que-fazer-st-michael-igreja

Fica pertinho do St. Lawrence Market, por isso fomos conhecê-la logo após nossa visita ao mercado.

St. Lawrence Market – Este mercado traz muitos produtos frescos e de qualidade.

onde-comer-toronto-st-lawrence

E ainda é um excelente local para experimentar um pouco da gastronomia local, como o tradicional lanche de bacon, que para nós lembra mais um tipo de “lombo canadense” e também comprar lembranças e souvenirs de viagens, a preços mais em conta que em outros locais da cidade.

dica-onde-comer-toronto-st-lawrence

Distillery District – Um dos locais mais legais que visitamos em Toronto, esta antiga destilaria foi revitalizada, mantendo todo o caráter histórico da antiga construção e transformada em um complexo comercial muito procurado na cidade.

o-que-fazer-em-toronto-distillery

Lá você encontra inúmeros cafés, bares, restaurantes e ainda várias lojas bem descoladas, destaques para os artigos de casa e decoração.

dicas-o-que-fazer-toronto

Dá para ficar um tempão passeando por lá, o local é muito gostoso de visitar e ainda tem excelentes opções de restaurantes, como El Catrin, o Pure Spirits ou o Mill St. Brew Pub (clique aqui para conhecer!).

dica-de-passeio-toronto-distillery-district

Fica a apenas 15 minutos a pé do St. Lawrence Market e o acesso é fácil, através do tram 504 que corta a região central.

Onde comer em Toronto

Gabby’s – Há várias unidades espalhadas por Toronto, nós fomos na da King Street, que ficava na quadra de baixo do Airbnb onde estávamos, aliás esta rua está cheia de boas opções de bares, restaurantes e fica bem movimentada no final de semana.

onde-comer-em-toronto

Foi nossa primeira parada em Toronto, o lugar tem decoração rústica e ao mesmo tempo descolada, ficamos na área externa que estava bem agradável.

restaurantes-em-toronto

poutine

Nós fomos de sanduíche com salada e pedimos nosso primeiro poutine da viagem, que é um dos pratos típicos mais famosos do Canadá, consiste em batata com molho e queijo, muito gostoso, e claro, um bom pint de cerveja para brindar nossa chegada!

Bannock – Este restaurante com gastronomia contemporânea é uma ótima opção para almoço na região central de Toronto, próximo ao Eaton Centre e a Dundas Square.

onde-comer

O ambiente é aconchegante e a decoração moderna e os pratos bem gostosos, destaque para o fish and chips que estava ótimo.

onde-comer-em-toronto-bannock

Os preços também são bons para esta área da cidade.

The Porch – Toronto não fica atrás quando o assunto é rooftop, a cidade possui várias opções legais nesse quesito, principalmente para a aproveitar as estações mais quentes com dias longos.

dica-rooftop-the-porch

roofftop-toronto

Nossa opção foi o The Porch que ficava a 10 minutos a pé de onde estávamos hospedados, você pode escolher entre ficar na área interna ou no rooftoop, nós preferimos a segunda opção, que inclusive tem uma taxa adicional de CAD 7,00 pela alta procura.

entrada-the-porch

A decoração é simples, mas bem descolada, mas o mais legal é a vista e poder curtir ao ar livre, até porque era uma noite quente. Fomos numa terça e estava bem cheio, mas mesmo assim deu para aproveitar bem.

bar-toronto

O The Porch tem diversas cervejas e várias opções de petiscos, inclusive no estilo tex-mex, mas o que gostamos mais foi a vista mesmo, vale a pena!

onde-comer-toronto-tex-mex

Pure Spirits – Este restaurante tem um ambiente mais clássico, mas bem dentro do “old style” do Distillery District, embora eles tenham como destaque as ostras, o cardápio possui várias outras opções.

onde-comer-no-distillery-district

A gente acabou escolhendo a parte externa, pois nossa parada foi apenas para um “happy hour”, mas mesmo assim nós gostamos bastante.

Mill St. Brewery Pub – Esta cervejaria está presente em outros locais de Toronto, mas a do Distillery tem um espaço bem amplo, gostamos muito da área externa já que o clima estava bem agradável.

dicas-toronto

Lá eles têm uma ampla carta de cervejas, inclusive eu “comecei os trabalhos” com uma opção que vem com 4 shots para experimentar, muito legal para escolher qual é a melhor!

onde-comer-mill-st

Além disso, a Lu quis experimentar uma sopa da casa de entrada e depois a gente foi de sanduíche de pastrami, tava muito gostoso!

onde-comer-toronto-mill-pub-brewery

No geral adoramos a experiência de comer por lá, se tivéssemos mais tempo na cidade com certeza voltaríamos no Distillery District!

Independent CityMarket – Como ficamos em Airbnb, tivemos que comprar algumas coisas para aproveitar a comodidade de fazer algumas refeições no apartamento. Este mercado ficava ao lado do nosso prédio e foi uma opção para comer bem e ainda economizar um pouco. Lembrando que os mercados não vendem bebida alcoólica no Canadá (com exceção da província de Quebec), você só consegue comprar este tipo de bebida em lojas específicas, chamadas de Liquor Store, que estão espalhadas pela cidade e dependendo do dia da semana, têm horários diferentes dos supermercados.

Onde fazer compras em Toronto

Eaton Centre – Este complexo gigante de lojas na área central de Toronto, que é ligado ao Path (rede de corredores subterrâneos utilizados nos períodos de frio intenso canadense), tem praticamente todas as grandes lojas do Canadá.

comprinhas-eaton-centre

Destaque para a Indigo que é uma mistura de livraria, papelaria e artigos de decoração super descolados. Além disso é uma excelente opção de passeio para dias frios e/ou chuvosos.

loja-indigo-canadá

Orfus Road – Esta rua, que fica a cerca de 40 minutos de metrô do centro da cidade, tem uma grande quantidade de lojas de outlet, lá você encontrará roupas, calçados, cosméticos e artigos para casa. Mas como todo outlet, tem que “garimpar” bastante para encontrar as melhores ofertas.

comprinhas-canada

Destaque para a Kitchen Stuff Plus, esta rede possui uma unidade de outlet de artigos de cozinha e decoração na Orfus, a loja é bem grande e tudo é muito organizado, tem uma grande variedade de produtos, inclusive uma linha própria, com preços imbatíveis! Aproveitamos algumas ofertas, a Lu queria levar tudo, pena que faltou espaço na mala! Kk

Dollarama – Esta rede tem lojas espalhadas por todo o Canadá, você nem precisa procurar que logo surgirá uma no seu caminho. Nós fomos na da Orfus Road, ela lembra bastante a Dollar Tree dos EUA, tem uma variedade grande de produtos com a grande maioria custando 1, 2, 3 dólares canadenses, ou seja, tudo muito barato! É claro que tem que dar uma filtrada, para ver o que vale a pena, mas você acaba sempre encontrando alguma oferta de algo bem bacana por uma pechincha, no mínimo você vai se divertir com tantas coisas inusitadas para olhar!

HomeSense – Esta loja é focada em artigos de casa, cozinha e decoração; por lá você vai encontrar muitos produtos de boa qualidade e alguns com preços ótimos, fomos na unidade da Spadina Street e achamos tudo bem organizado e boas ofertas. Portanto para quem gosta de achados de cozinha e decoração, vale incluir no roteiro.

Bergo – Esta loja foi uma das mais legais que visitamos em Toronto, ela fica no Distillery District e é cheia de itens dos mais variados, tudo muito criativo e estiloso, dá vontade de comprar tudo, tem desde itens de decoração, organização doméstica, a coisas de uso pessoal, passamos um bom tempo lá nos divertindo com as novidades, vale muito conhecer!

comprinhas-toronto-bergo

Em breve a Lu vai selecionar em um  vídeo só, as melhores lojinhas do Canadá!

O que a gente achou

Toronto foi um excelente início para esta nossa trip pelo Canadá, a cidade é incrível e com certeza merecia mais dias, mas apesar disso conseguimos aproveitar muito bem nosso tempo por lá! A variedade de passeios, a gastronomia, a estrutura, a pegada multicultural, enfim uma metrópole completa!

onde-ficar-airbnb-toronto

Mas agora é hora de arrumar as malas e rumar para o próximo destino desta viagem: Montreal!

Abraços, Jr. e Lu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s